• Ft. Soraia Coelho

Reabilitação pélvica - O que é, para que serve e como se faz? - Parceria com o Blog As viagens dos V


Por vezes este trabalho permite-nos conhecer Mulheres verdadeiramente inspiradoras. Isso foi o que aconteceu em Setembro passado.

A propósito do projecto Mulher-Mãe Saudável (antigo 30 dias pós parto fit), a Vera contactou-me para falar um pouco sobre reabilitação pélvica. Entre conversas e duvidas, surgiu a questão se a poderia avaliar, pois de acordo com o que me dizia:

"Até há bem pouco tempo, eu era uma dessas mulheres. Era uma mulher que, por vezes, se sentia "maluca" por não se sentir bem dentro do seu próprio corpo - e não estou a falar apenas da parte estética - que se sentia emocionalmente instável - tudo dependia dos dias e da forma como estava a minha relação com o meu corpo naquele momento - e tudo isso com consequências nas relações mais directas à minha volta. No entanto, nunca me consegui conformar e aceitar que agora "iria sem sempre assim" porque aquilo que me incomodava vinha de dentro e tinha que ter uma explicação. Sucederam-se consultas em vários nutricionistas, o desporto passou a ser diário, as mudanças na alimentação eram muitas (para melhor) e eu viva por ciclos, ora estava mais ou menos bem, ora estava péssima."

Vai aqui um pequeno excerto do seu post:

Importância de fazer uma correcta avaliação do pavimento pélvico em qualquer tipo de parto? Quando deve ser feita? E porquê?

"A avaliação dos músculos do pavimento pélvico deve ser feita entre as 6/8 semanas do pós-parto, sempre após a consulta com o obstetra que segue a mulher. Isso significa, que após o okay médico, a mulher se encontra apta a trabalhar o seu corpo. Sempre, sem esquecer, com o apoio de profissionais especializados. Esta avaliação é importante, pois para além de avaliarmos a postura, cicatrizes e alterações da parede abdominal, vamos também avaliar o estado de uma área tão esquecida pelas mulheres. O pavimento pélvico. Mas as alterações, desconforto e dores físicas após a gravidez e o parto são muito reais. A maioria dessas alterações e desconforto tem origem num colapso do core e do pavimento pélvico, o que faz que se algo não está a funcionar correctamente, então tudo o que tem que trabalhar em torno ou com este, basicamente, não funciona bem também. As alterações físicas que mais vejo nas minhas consultas após o parto são: a incontinência urinária e fecal, lombalgias persistentes, dores pélvicas, alterações relacionas com a cicatriz da cesariana, dor durante o ato sexual e prolapso dos órgãos pélvicos (sensação de peso no baixo ventre, ou como se sentasse em cima de uma bola de ténis). Por exemplo, se não existe um suporte muscular pélvico correto e a mulher sofrer de obstipação crónica, poderá levar ou exacerbar prolapsos dos órgãos pélvicos. Algumas mães realizam um check-up com um fisioterapeuta simplesmente como uma segurança para iniciarem a sua actividade física, ou para terem a certeza que “está tudo bem lá em baixo”. Algumas não apresentam sintomas alguns, apenas procuram retornar à sua vida com a certeza que estará tudo bem." Quais os benefícios para a mulher, quando a sua parte íntima está “de boa saúde”?

"Pavimento pélvico forte, mulher feliz! Quando esta área se encontra saudável e forte, toda a postura da mulher altera. Ela encontra-se mais direita, deixam de ocorrer perdas de xixi quando corre, tosse, pega no bebé... Um parto futuro torna-se mais fácil, pois estes músculos têm de ser como uma bailarina: fortes e flexíveis ao mesmo tempo. E a vida sexual melhora! E muito! Precisamos de músculos fortes para que o orgasmo seja mais intenso. Aquelas contracções que sentimos durante o clímax, devem-se às contracções destes músculos."

Leiam o resto aqui e aproveitem para ver ambos os vídeos que fizemos.

#Pósparto #Cesariana

0 visualização

Email:

pelvic.care.ft@gmail.com

Lisboa, Portugal

Soraia Coelho

Tlm: 966106708

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

© 2017 por Soraia Coelho. Todos os direitos reservados.

Fotografias pessoais por Bless